Vitamina C

Um nutriente essencial para o corpo

A inclusão de uma quantidade suficiente de vitamina C na alimentação providencia várias vantagens, incluindo a ingestão de ferro e a reparação dos tecidos cutâneos. Estas vantagens são visíveis na própria pele. No entanto, é frequente a alimentação não incluir uma quantidade suficiente desta vitamina. A vitamina C tem propriedades antioxidantes, estimula a produção de colagénio e atenua as manchas de pigmentação. A produção de colagénio é essencial para a pele, sem ela, a pele ficaria flácida e perderia a firmeza. Além disso, tem uma ação anti-inflamatória, p. ex., no acne. Os antioxidantes impedem que as agressões, como a radiação ultravioleta ou o stress, tenham efeitos visíveis na pele. Não admira que esta vitamina seja o foco de diversos produtos de cuidado, uma vez que promete pele jovem e luminosa!

 

O que faz a vitamina C para ser o centro das atenções da indústria cosmética?

  • A vitamina C acelera a produção de colagénio e, por conseguinte, faz com que a pele fique firme, lisa, jovem e luminosa.
  • A vitamina C estimula a cicatrização. Diz adeus às manchas de pigmentação e cicatrizes endurecidas, pois irás notar uma cicatrização uniforme das cicatrizes de acne.
  • Como já foi mencionado, a vitamina C estimula a produção de colagénio. Isto faz com que sintas efeitos positivos nas rídulas e nas rugas, uma vez que esta vitamina atua como um booster contra o processo de envelhecimento.
  • A aplicação de produtos com vitamina C impede que as substâncias tóxicas geradas pela poluição e as substâncias tóxicas associadas à mesma agridam a superfície da tua pele. Esta vitamina tem um efeito preventivo e não dá hipótese aos radicais livres.
  • Um creme com vitamina C irá reduzir inflamações na pele e poderá também diminuir as imperfeições.
  • Evita que os raios ultravioleta prejudiciais afetem a tua pele e protege-a do fotoenvelhecimento.
  • Protege e prolonga a durabilidade dos produtos de cuidado.

 

As nossas recomendações

Contexto

O ácido ascórbico protege os produtos cosméticos contra a deterioração provocada pelo contacto com o oxigénio. Além disso, a vitamina C reduz o stress oxidativo da pele. Se houver acumulação de uma quantidade excessiva de radicais livres numa célula, é possível que a célula seja danificada ou até destruída. Isto pode fazer com que a pele envelheça mais rapidamente.

Como podemos assimilar vitamina C? A vitamina C pode ser encontrada maioritariamente em frutas e legumes. Os frutos silvestres, o pimento vermelho e os brócolos contêm uma grande percentagem de vitamina C.

Utilização

Na indústria cosmética, a vitamina C também é conhecida como ácido ascórbico. Distinguimos entre a sua forma pura e os seus derivados. Glucósido ascórbico e ascorbato de magnésio são algumas das formas conhecidas dos derivados. A vitamina C surge sob a forma de cremes, séruns e protetores solares.

1. Creme hidratante: A aplicação diária de um creme hidratante que possua a vitamina C como substância ativa estimula a produção de colagénio e proporciona uma pele sem rugas, atuando na mesma de forma preventiva.

2. Séruns: Os séruns, que possuem uma concentração muito mais elevada do que um creme hidratante, são conhecidos por atuarem profundamente em todas as camadas da pele. Por conseguinte, os séruns com uma percentagem elevada de vitamina C são mais eficientes na proteção dos radicais livres e na redução do envelhecimento cutâneo. O ideal é massajares o sérum na pele antes da aplicação diária do creme hidratante.

 

Cuidado

Recomendamos a utilização de vitamina C a toda a gente. No entanto, os tipos de pele mais sensíveis devem optar por um derivado (produto menos rico) em vez da sua forma pura.

 

Formas de vitamina C